Um texto sincero de um sentimento retraído

Valsa para uma moça triste. – UM SOFÁ

Nem sei dizer porque eu sou assim, mas tudo relacionado ao assunto sexo me deixa com extrema vergonha, uma situação merda que - acredito eu, os anos que vivi longe disso me fizeram não saber lidar com a naturalidade que hoje acredito ser necessária, isso tudo acaba fazendo com que eu me feche e não fale sobre e também com que quando pessoas próximas a mim conversam a respeito eu me incomode e fique com muita vergonha. O fato de me expor e de simplesmente conversar sobre coisas relacionadas nunca é algo que dentro de mim se torna natural, sinto que tem algo ali apertando e nem sei dizer o porque. 

Acaba se tornando uma coisa delicada demais, que eu queria que não fosse, mas é. Apesar de ter melhorado - pois antes era bem pior, hoje isso me faz entrar em certos conflitos, até conversando com pessoas intimamente próximas e que tenho forte relacionamento, ainda é um impasse. Isso me incomoda ainda mais, me sinto presa, mas não também não sei como me libertar. Quando falam sobre algumas coisas em um grupo, enviam imagens ou citam sobre, eu não interajo, eu só saio do assunto para não ter de lidar com aquilo. Se eu vejo alguém próximo a mim conversar intimamente sobre assuntos que deveriam ser normais, eu sinto uma parada, uma sensação muito bizarra.

Na minha adolescência eu tive pouquíssimo contato com isso, devido ter passado toda essa fase na igreja, quase que em uma realidade alternativa, o assunto se quer era conversado, que dirá detalhado, então parece que vivi em outro mundo durante alguns anos, os mais cruciais, os que normalmente as pessoas se aproximam do tema - e das experiência, eu tava longe demais e ainda julgava ser algo proibido e errado. Acredito que isso tenha causado esse efeito negativo em mim, e hoje, no auge da vida adulta, com a cabeça bem melhor, eu nem sei como me livrar. Parece simples, eu entendo se estiver pensando assim querido leitor.. 

Parece que me basta entrar no assunto, falar, ir perdendo os dogmas, medos e vergonhas, mas acredite, o que sinto, o que me bloqueia, o que me pesa, o que me envergonha é tão grande, TÃO GRANDE, que me impede, me trava, me faz repulsar o assunto e assim vou me fechando e ainda pior, me incomodando com algumas coisas, E QUE PÉSSIMO ser assim, sério. Será que alguém ai consegue me entender ou se identifica? 

Por hora é só, só um texto sincero de um sentimento retraído.

Com pesar, sua Lola

Tags:

Share:

0 comentários