Ainda posso escrever.

Resultado de imagem para mulher  foto tumblr

Eu prometi que ia evitar falar de você, prometi para mim e fiz a promessa com alguns amigos próximos, mas eu ainda posso escrever. Hoje acordei com o coração apertado, não sei dizer o nome disso, talvez seja saudade, seja falta, seja lembrança por te visto ontem. Talvez seja de tudo um pouco. Eu só sei que sinto.

Se eu não te visse quase todos os dias a vida seria mais fácil, mas eu também gosto de te ver. Uma amiga sempre fala como eu gosto de ser trouxa, mas a coisa na minha cabeça é prática, eu não posso estar contigo, to tentando com todas as forças ignorar isso, não ir atrás, porque eu sei que é inútil, to tentando respeitar teu espaço - apesar de estar quase sempre perto dos teus amigos -, to guardando para mim tudo que queria falar para você, to segurando toda vontade de estar contigo, o máximo e única coisa que posso fazer é escrever.

Eu não sei qual o nível de apego ou burrice isso é, mas até hoje não consegui apagar a pasta com algumas fotos nossas e suas imagens com textos. Simplesmente não consigo. Evito entrar nas fotos para nem olhar, mas sei que está ali. Me traz lembrança demais. Antes fosse só isso, por onde ando lembro de algo. Maldito fantasma.

"É normal sentir falta no inicio". Essa frase... não vou contar contexto, mas essa frase. Acho que esse é mais um texto inútil e pessoal, ninguém vai entender, você não vai ler, quem ler e conhecer a história vai me chamar de burra ou algo pior. Eu só queria escrever para você, mesmo que você nunca leia. Queria poder te dizer o quanto sinto falta, que teu jeito faz falta. 

Sinto falta de quando comentava do meu esmalte, ou sempre falava do meu perfume, de quando sempre arrumava meu relógio, ou de como ficava sem graça quando eu ficava te olhando nos olhos. Ou das nossas conversas e como tínhamos coisas em comum. Ah, e dos passeios pela universidade. Eu sei, devia fazer um esforço maior para esquecer, devia. 

Não é amor, eu sei. Não é algo mais legal que isso, sei também. Eu não sei o que é, só queria que... é, eu queria ta ai. Fim.
Lola.

Tags:

Share:

0 comentários