Se você está aí, venha.

Resultado de imagem para menina pensando tumblr

Vem!

Ouço muito falar de ti. Ora ou outra alguém solta um: "como você vai saber qual será o certo se não passar pelos errados?", " um dia alguém vai ser para você". Sem melodrama, entenda o que quero dizer caro leitor. É uma questão simples de cansar de brincar com os errados. A promessa que você vai aparecer um dia parece muito vaga quando aparecem alguns babacas no caminho. E olha, já aviso, eles deixam muitos estragos.

Então, se você existe, se por acaso está aí em algum lugar do mundo. Apareça. Não quero deixar toda carga nas ruas costas. Não quero que a responsabilidade seja tua de tentar ajudar um coração. Mas se você existe. Se você não vai me magoar. Se vai ficar por mais tempo que dura um apego. Não vai querer ir embora quando eu decidir ficar de fato. Se você está aí, mas ainda não pode me ouvir, mas existe. Apareça.

Traz calmaria. Ou talvez uma ordem de toda a bagunça que deixaram aqui. Se você for aquele que não vai ter vergonha de sair ou apresentar para os outros. Que vai saber o que quer ou minimamente não ter medo de falar, demonstrar ou tentar algo. Quando aparecer, ou se, fica ta.

Parece pesado deixar as esperanças sob uma coisa, vulgo pessoa, que eu nem conheço, mas entenda o que quero dizer. Se você está por aí, me encontra. De tempos pra cá ando querendo saber se você existe mesmo, igual ouço tanto. Mas parece difícil acreditar. Vai que gasto minha fé e no final você é só um pequena imaginação fruto do desejo das pessoas e nunca vai estar aqui. Tá vendo como posso temer? É uma reação ao medo. Ou demostração dele. Como queira.

Só quero que saiba que eu quero que você esteja aqui um hora. Estou cansada dos outros. Cansada de todos eles que mal chegam e já saem tão bruscamente. Cansada de querer tanto uns. Ou um. Que seja. Então, uma última vez. Se você está aí, venha. Se já me viu, me encontra. 

Sua Lola.

Tags:

Share:

0 comentários