Ele e Ela


Ela era do tipo certo e ele errado. Era frio e por coincidência, ela amava o inverno. Ela sorridente e ele serio como um segurança que protege o presidente do país. Ela brincalhona e ele difícil de arrancar um sorriso sequer.

Ela inocente demais e ele sem paciência o suficiente para explicar a ela suas ingenuidades. Ele rabugento e ela sonhadora, acreditava nos piores contos de fadas, acreditava que tudo e todo mundo terá o famoso “final feliz”. Mas talvez o amor seja isso, ser o que o outro precisa, completar com aquilo que faz ausência em sua própria essência. Amar as imperfeiçoes a ponto de aceitá-las como um belo adjetivo.

Esse é o amor, complicado e lindo, difícil e fácil, frio e quente ao mesmo tempo, assim como ele e ela.

Maggie

Share:

0 comentários